Resenha Almanova

Titulo: ALMANOVA
Autor(a): Jodi Meadows
Editora: Valentina
Paginas: 288
Ano: 2013



SINOPSE:

Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu... e ninguém sabe por quê. SEM-ALMA. A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade.
Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre... HEART.
Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e valiosa. Ele, então, decide defendê-la, e um sentimento parece que vai explodir. Mas será que poderá amar alguém que viverá apenas uma vez? E será também que os inimigos – humanos ou nem tanto -- de Ana os deixarão viver essa paixão em paz?
Ana precisa desvendar grandes segredos: O que provocou tal erro? Por que ela recebeu a alma de outra pessoa? Poderá essa busca abalar a paz em Heart e acabar por destruir a certeza da reencarnação para todos?



Que delícia foi ler esse livro. 
Primeiramente achei ele calmo, apesar de muitas coisas acontecerem, a escritora conseguiu dar calmaria a ele. 
Almanova traz um mundo novo. Monstros diferentes como Silfides (se existe em outros livros nunca vi), e outros bem conhecidos como dragões, totalmente assustadores. 
Logo no início Ana se encontra com Sam, ele se disponibiliza para ajudá-la. Mas como Ana traz muitas dores fica com medo. 
A busca para entender por ela ser a única que nasceu em uma linha de encarnações que dura 5 mil anos a deixa ansiosa, mas ela conta com Sam e com algo que os dois tem em comum: o amor pela música.
No decorrer da história você se encanta com pessoas como Sine e Armande e odeia pessoas como Li, mãe da Ana, que é simplesmente uma pessoa nojenta. 
Ela odeia Ana por ter nascido no lugar da Ciana, e não esconde isso. Quer fazer da vida da filha um inferno, como se ela tivesse culpa por ter nascido no lugar da Ciana, e a maior preocupação da Ana é saber se ela realmente tem culpa. 
É uma história envolvente e linda. Eu amei cada pedacinho.


Nat Mota.

0 comentários:

Postar um comentário